NOSTALGIA VERMELHA
-
Fotos: Sebastian Hopp

64 anos se passaram desde a morte de Stalin: o lider soviético faleceu em Moscou, cerca de 2000 km de sua cidade natal, Gori, na Geórgia. Desde a independência da Geórgia em 1991, o país tem passado por um forte revisionismo histórico e suprimido a figura de Stalin. Nos últimos anos, a Geórgia ainda introduziu uma penalidade pelo uso de símbolos soviéticos, depois de proibições nos países bálticos e na Ucrânia. Ao mesmo tempo, Gori é também o lar do maior museu dedicado a Stalin, juntamente com uma comunidade viva que elogia Stalin como um dos maiores líderes nascidos na Geórgia. O fotógrafo alemão Sebastian Hopp viajou para a Geórgia para encontrar os seguidores atuais de Stalin, a fim de entender por que esses indivíduos que ainda mantém viva a memória do filho mais famoso da Georgia

Esta estátua de seis metros de altura de Joseph Stalin foi colocada na praça central de Gori, na Geórgia, em 1952. Em 2011, foi removida pelo governo.

Michael B. era um guarda no mausoléu de Stalin e Lenin, em Moscou.

Olgha prepara seu carro para a parada para comemorar o dia da vitória em Gori, Geórgia.

A sala de uma jovem família em Kojori, cerca de 20 km de Tbilisi.

Giorgi K. é um membro do partido comunista de Tbilisi, pioneiro desde 2015.

O governo e o partido comunista de Gori discutem se a estátua enorme de Stalin deve ser restaurada em Gori. Eles ainda não chegaram a um acordo, mas o Partido começou a construir o pedestal.

Shalva decidiu fazer suas tatuagens de Stalin junto com outros nove homens, quando o corpo de Stalin foi removido do mausoléu em Moscou.

Uma combinação da ortodoxia e memorial de Stalin em uma coleção particular.

"Eu, Tamuna, perante as fileiras da Organização Pioneira Vladimir Ilyich Lenin, na frente de meus camaradas prometo solenemente: amar minha Pátria, viver como o grande Lênin nos ensinou, como o Partido Comunista nos ensina, como Exige a lei dos Pioneiros da União Soviética."

A sala de reunião do Partido Comunista de Tbilisi. Atualmente, existem 100 membros registrados.

Varketili é um subúrbio de Tbilisi, construído no final da era soviética.

A loja de lembranças no Museu de Stalin em Gori.

Nos tempos soviéticos Nugzar era um oficial respeitado. No auge do poder soviético ele tinha uma casa grande, carro agradável e salário alto. Como muitos outros, perdeu seu senso de identidade após a queda do comunismo. Hoje ele dirige uma pequena escola de condução em Tbilisi. Agora, Nugzar só usa seu uniforme em ocasiões especiais, como o Dia da Vitória em 9 de maio. Quando ele coloca o uniforme de volta, ele pode se lembrar o que é ser respeitado, mesmo que apenas por um momento fugaz.

Parada do 9 de maio na frente do museu de Stalin em Gori. Pessoas comemorando o Dia da Vitória.

Ushangi D. começou a construir um museu a Joseph Stalin em 1956 no jardim ao redor do bloco de apartamento onde vive.

Sputnik Consulting é um guia para a cultura e os negócios no Leste Europeu e Ásia Central, o antigo mundo soviético.