• Equipe Sputnik Consulting

De que armas russas dispõe a Venezuela?


Nos últimos dias têm aumentado os rumores de guerra na Venezuela, enquanto os serviços secretos russos e cubanos denunciam a movimentação da marinha americana rumo ao Caribe.

A parceria de anos do governo bolivariano com a Rússia deu ao país caribenho uma formidável capacidade defensiva para os padrões latino americanos. Apresentamos aqui os equipamentos russos disponíveis nas Forças Armadas Bolivarianas:

S 300.


O míssil S-300 é uma série de mísseis terra-ar com alcance de 100 km projetado em 1979 pela URSS. O míssil S-300 é uma série de mísseis terra-ar com alcance de >300 km.

O projeto tornou-se prioritário após o míssil de cruzeiro ALKM ser introduzido na URSS, paralelamente ao desenvolvimento do míssel ocidental SAM Patriot. Posteriormente chamado de S-300, o sistema de defesa anti-aérea é o principal da Rússia desde 1975.

TANQUE T-72


O T-72 é um carro de combate desenhado e produzido primeiro na URSS e posteriormente na Rússia, tem sido há mais de 30 anos um dos poucos carros de combate que é construído em mais de 5 países. Tem um perfil muito baixo em comparação com os tanques da OTAN, o que da uma vantagem em combate com outros tanques.

A Venezuela comprou da Rússia 92 T-72B1V que foram entregues entre 2009 e 2012. Em Junho de 2012 encomendou mais 100.

HELICÓPTER MI 35


Mi 35 m2. Os Mi 35 são unidades com grande capacidade anti-tanque e poder de fogo. Pode trabalhar baixo neblina, detecta calor durante o dia e noite, possui visão noturna, aterrissa em terrenos difíceis e pode transportar tropas. Os Mi 35 Venezuelanos estão dispostos nas zonas fronteiriças. Estes helicópteros estão em operação em mais de 30 países do mundo. O Mi 35 tem uma velocidade máxima de mais de 300 km e alcance de combate de 500 km. Possui foguetes, mísseis e bombas, é conhecido como tanque voador.

Acredita-se que a Venezuela possua 12 unidades deste helicóptero.

CAÇA SUKHOI 30


O Sukhoi Su-30 é um caça multiuso, bimotor, de dois tripulantes, com característica de supermanobrabilidade desenvolvido pela empresa russa Sukhoi. Possui capacidade operacional em qualquer condição climática, podendo ser usado em combate ar-ar quanto em missões de interdição aérea e terrestre.

A Força Aérea Venezuelana e o governo da Venezuela anunciaram em 14 de junho de 2006 a compra de 24 unidades de Su-30MK2. Os dois primeiros Su-30MK2 foram entregues no início de 2006 enquanto mais 8 foram comissionados durante o ano de 2007; 14 unidades chegaram em 2008. Uma segunda leva de 12 Su-30MKV também foi considerada em 2009, mas não houve prosseguimento. Os venezuelanos possuíam 24 Su-30MK2s em janeiro de 2012.

Em outubro de 2015, a Venezuela anunciou a compra de mais 12 Su-30MK2 da Rússia por $480 milhões.

BM-30


O BM-30 Smerch, 9K58 Smerch ou 9A52-2 Smerch-M é um lançador de foguetes múltiplo pesado soviético. O sistema destina-se a derrotar alvos blindados e flexíveis em áreas de concentração, baterias de artilharia, postos de comando e depósitos de munição. Foi projetado no início dos anos 80 e entrou em serviço no Exército Soviético em 1989. Quando observado pela primeira vez pelo Ocidente em 1983, recebeu o código MRL 280 mm M1983.

MBP 3M


Um veículo de combate de infantaria (VCI), também conhecido por sua sigla em inglês IFV (Infantry Fighting Vehicle), é um tipo de veículo de combate blindado usado para transportar infantaria para a batalha e fornecer apoio ao fogo.

Os veículos de combate de infantaria são semelhantes aos blindados de transporte de pessoal (APCs), projetados para transportar entre cinco e dez soldados com seus equipamentos.

O país possui 130 BMP-3M, 10 da versão BREM-L e alguns BMP-K encomendados, entregues entre 2011 e 2012.

O BTR-80


O BTR-80 é um veículo 8x8 com rodas, blindado anfíbio para o transporte de pessoal de infantaria (APC) projetado na União Soviética. A produção começou em 1986.

Acredita-se que a República Bolivariana da Venezuela possua cerca de 150 unidades deste veículo.

#Venezuela #defesa

39 visualizações