• Equipe Sputnik Consulting

Resposta da Rússia à acusações nos EUA de que Moscou estaria envolvida nos protestos na A.L.

Resposta da porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia M.V. Zakharova a uma pergunta da mídia sobre ataques anti-russos em Washington a respeito dos eventos em vários países da América Latina:





Pergunta: Durante as audiências do Capitólio, outro dia, representantes do governo e do Congresso dos EUA enfatizaram o papel de "atores externos" no incentivo a protestos antigovernamentais recentes em vários países da América Latina. Nesse caso, em particular, a Rússia foi nomeada. O que a senhora pode comentar sobre essas declarações?


De fato, nos últimos dias em alguns países da América Latina - Haiti, Honduras, Peru, Equador, Chile - protestos antigovernamentais foram ou estão sendo realizados, causados por vários problemas internos que passam estes Estados. Com ansiedade e empatia, estamos acompanhando os esforços para normalizar a situação. Ninguém deve ter dúvidas: a Rússia está interessada em uma América Latina estável, política e economicamente estável. Estamos desenvolvendo uma cooperação mutuamente benéfica com todos os países do continente, com base no respeito mútuo e na não interferência nos assuntos internos, conforme registrado na Carta da ONU e em conformidade com o direito internacional.


O desejo de buscar na Rússia a raiz de todos os "problemas e dificuldades", incansavelmente cria pretextos para novas guerras de informação, incluindo "citar" a Rússia como parte envolvida no fomento de protestos na região, tornou-se o "cartão de visita" de Washington. Paradoxalmente, eles não querem admitir o óbvio quando analisam as conseqüências das receitas econômicas neoliberais impostas a outros países.


Não será surpresa se em breve os "especialistas" em Washington virem a "mão de Moscou" na rejeição dos latino-americanos (independentemente das preferências políticas domésticas deles) da "Doutrina Monroe", que há dois séculos serve de base ideológica para a interferência dos EUA nos assuntos dos países desta região.



Original em russo publicado em:

https://www.facebook.com/MIDRussia/photos/a.265191980246917/2065198156912948/?type=3&theater