• Equipe Sputnik Consulting

Sergey Lavrov sobre Yevgeny Primakov, ex-ministro que delineou a atual política externa russa

Artigo do ministro das Relações Exteriores Sergey Lavrov sobre Yevgeny Primakov (do livro intitulado "O desconhecido Primakov: Memórias", publicado no Russian Business Guide em outubro de 2019.


28.10.1922:00 (horário de Moscou)


Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov (à direita) e ex-primeiro-ministro da Rússia, Yevgeny Primakov

© ITAR-TASS / Grigory Sysoyev



De especial importância para nós diplomatas foi o período na vida de Yevgeny Primakov em que ele era nosso ministro das Relações Exteriores. Sua nomeação marcou um ponto de virada na política externa do país quando foram criadas condições para a restauração da posição internacional da Rússia. Primakov sabia melhor do que muitos outros que sua (da Rússia) localização geográfica única e sua história secular, bem como seu enorme potencial e seu status de membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, predeterminavam sua política externa independente e multidirecional. Sua visão de interação trilateral no formato Rússia-Índia-China, que esses três países ainda usam amplamente, abriu o caminho para a criação subsequente do grupo BRICS, que desde então se tornou parte integrante e um pilar fundamental da crescente multipolaridade no mundo. Yevgeny Primakov nunca esteve do lado do confronto. Sua famosa arremetida sobre o Atlântico (Em 24 de março de 1999, Primakov estava indo para Washington, D.C. para uma visita oficial. Voando sobre o Oceano Atlântico, ele soube que a Otan havia começado a bombardear a Iugoslávia. Primakov decidiu cancelar a visita, ordenou que o avião desse meia volta e retornasse a Moscou em uma manobra popularmente chamada de "Loop de Primakov") não foi uma tentativa de aumentar a tensão no mundo, mas um lembrete de que o diálogo com a Rússia só é possível em termos iguais e que as relações internacionais devem se basear no direito internacional. Primakov sabia que a diplomacia não pode ter sucesso sem contatos pessoais e usou seu intelecto, conhecimento e talento para uma comunicação aberta, baseada no respeito mútuo, para desenvolver boas relações com a esmagadora maioria de seus colegas estrangeiros. O estilo de trabalho de Primakov merece menção especial e, tenho certeza, se tornará o padrão para muitas gerações de diplomatas russos. Apesar de uma agenda cheia, Primakov nunca perdeu de vista os mínimos detalhes dos desenvolvimentos internacionais, aprofundando-se nas questões mais complicadas e controversas com as quais teve que lidar. Ele exigiu a mesma abordagem de seus subordinados. Ele detestava soluções clichê e opiniões superficiais e mal consideradas. Ele reuniu nossa equipe e direcionou nossos esforços para encontrar soluções eficazes para os problemas de larga escala que a Rússia estava enfrentando. Lembro que, em maio de 1998, um grande grupo de funcionários do Ministério das Relações Exteriores, incluindo Yevgeny Primakov, recebeu prestigiadas condecorações estatais por sua contribuição à política externa da Rússia. Eu estava naquele grupo; Naquela época, trabalhava como representante permanente da Rússia na ONU. Nós posamos para uma fotografia depois de receber as decorações. Yevgeny Primakov estava no centro, sorrindo seu sorriso sábio e aberto. Esta fotografia é uma das minhas favoritas. Está na minha mesa de escritório na Praça Smolenskaya (localização do Ministério dos Assuntos Exteriores da Rússia). Muitos políticos estrangeiros respeitavam a posição de princípio de Primakov. Henry Kissinger falou sobre isso em um jantar oferecido pelo embaixador de Israel em Nova York em janeiro de 1996. Quando um dos presentes perguntou ao patriarca da diplomacia americana o que ele achava da nomeação de Primakov, considerando que seu antecessor se adequava muito bem ao Ocidente enquanto o o novo ministro tinha visões completamente diferentes, Kissinger respondeu que sempre preferia trabalhar com pessoas que tinham uma visão clara de seus interesses nacionais.




O original em russo está disponível em: http://www.mid.ru/ru/foreign_policy/news/-/asset_publisher/cKNonkJE02Bw/content/id/3869302?fbclid=IwAR2BgRmVUd2w4uBX3MwqMrC0UCPwZE2XvW9x4WzhqRfJXb4nBVrosBCOrMQ&p_p_id=101_INSTANCE_cKNonkJE02Bw&_101_INSTANCE_cKNonkJE02Bw_languageId=ru_RU