• Equipe Sputnik Consulting

Tendências Principais do Desenvolvimento Econômico da Belarus



As tendências principais do desenvolvimento econômico da Belarus

A República de Belarus se efetuou como um Estado soberano com instituições do Poder funcionando efetivamente e um sistema político-social estável. O país não tem contradições territoriais, mantêm a paz e a harmonia internacional.

O tempo está confirmando a justeza do rumo escolhido pelo governo do presidente Lukashenko sobre as transformações evolucionárias: Belarus não só guardou, mas também aumentou o seu potencial apoiando-se primeiramente sobre recursos intelectuais e de produção próprios com a utilização máxima de todas as fontes possíveis para o desenvolvimento.

A República da Belarus é um parceiro seguro e prognóstico, um promovedor de segurança na região. O país está demonstrando a capacidade de reagir da maneira adequada sobre desafios novos, se adaptar às condições externas instáveis.

A estabilidade econômica em condições da crise mundial

Apesar da deterioração da conjuntura econômica mundial e manifestações de crise por tradicionais parceiros comerciais, Belarus conseguiu manter a estabilidade econômica e aumentar o equilíbrio da economia:

  • Está assegurado o saldo positivo do comércio exterior de mercadorias e serviços;

  • Foi melhorado o balanço de pagamentos;

  • Foi conseguido o não agravamento de processos inflacionários e a queda brusca da receita real da população;

  • Oportunamente e por completo se realizam pagamentos cumprindo obrigações externas governamentais;

  • a situação no mercado interno de divisas e depósitos se mantem estável.

Estão melhorando parâmetros qualificativos do desenvolvimento da economia: está crescendo de modo avançado o índice da produtividade do trabalho, em 8,7%, a rentabilidade de vendas na indústria tornou-se em 8,6%.

Belarus mantem relações comerciais com 205 países do mundo. Está garantido o equilíbrio e a estabilidade do comércio exterior. No primeiro semestre de 2015 se formou o saldo positivo em 1,2 bilhões de dólares com os EUA o que foi o resultado da dinâmica da exportação de mercadorias e serviços sobre a importação. O aumento do saldo em comparação com o igual período de 2014 foi de 567,2 milhões de dólares ou 92,9%.

As medidas ante crise de caráter geral e setorial realizadas pelo Governo permitiram estabilizar o trabalho da indústria.

As exportações agrícolas aumentaram 15% em 2017. Em 2017, Belarus exportou produtos agrícolas no valor de US $ 4,9 bilhões, o que representa 115% até 2016.

As medidas preventivas tomadas pelo Governo e Banco Nacional para otimizar o consumo interno, abastecer o mercado interno por mercadorias e limitar a emissão de rublos permitiram conter o crescimento de preços e manter a estabilidade macroeconómica. O afrouxamento da dinâmica do crescimento de preços, garantiu a realização passo por passo da estratégia do cancelamento de restrições sobre preços.

Com o sucesso se aplica a política do balanço entre o crescimento da receita real da população e o crescimento do PIB. Não foi permitida a queda significativa do salário real.

Os reforços na esfera da liberalização da economia e do melhoramento de condições para viabilizar negócios aumentam para investidores o atrativo da economia nacional.

Segundo o relatório do Grupo do Banco Mundial Doing Business 2015 Belarus melhorou índices registrados por indicadores mundiais subindo para posição 57 entre 189 países. OS maiores especialistas apreciaram a simplificação pelo país do procedimento de pagamento de impostos para companhias. Além disso, Belarus elevou a qualidade da regulação da atividade de pequenas e medias empresas em tais esferas como o recebimento da permissão para realizar a construção e o comércio exterior.

A cidade de Minsk ocupou 1 lugar entre cidades da ex-URSS no rating de cidades confortáveis para a realização de negócios calculado pela Forbes na base do amplo número de critérios, incluindo tais como a avaliação da infraestrutura, recursos operários, sistema financeiro, segurança.

No rating anual de Global Creativity Index-2015 a Belarus ficou dentro de 40 países mais criativos ocupando 1 lugar entre os países da CEI e 37 posição entre 139 países do mundo pesquisados.

#Belarus #Economia

0 visualização