Posts Em Destaque

Eleições para Duma: Governo mantém maioria, comunistas crescem e liberais sofrem derrota



Quantos assentos têm os membros do partido do governo, Rússia Unida? E o Partido Comunista? E o Novas Pessoas e o Partido Liberal Democrático?



Os principais resultados das eleições para a Duma Estatal:

`O partido Rússia Unida manteve a chamada maioria constitucional, o Partido Comunista da Federação Russa melhorou visivelmente o resultado em comparação com a corrida anterior e o Partido Liberal Democrático obteve um dos piores resultados de sua história. Ao mesmo tempo, pela primeira vez desde a transição para as eleições nas listas partidárias, haverá uma quinta fração na Duma – o partido "Novas Pessoas" do empresário Alexei Nechaev.


"Rússia Unida"

Segundo dados oficiais, o Rússia Unida conquistou novamente a maioria constitucional na Duma. Como resultado do processamento de 98,2% dos protocolos, o Rússia Unida recebeu 49,79% dos votos – ao passo que cinco partidos entraram na câmara baixa do parlamento, o Rússia Unida ocupará cerca de 122 cadeiras. O partido no governo também obteve 199 dos 225 mandatos de regiões de mandato único.

Assim, o número total de assentos para o Rússia Unida pode chegar a 323 (há 450 assentos na Duma Estadual no total). Agora, há 343 integrantes do partido do governo na câmara baixa do parlamento. Ou seja, a fração diminuirá um pouco, mas ainda terá uma grande maioria.



Partido Comunista, Partido Liberal Democrático e "Rússia Justa"

O resultado oficial do Partido Comunista da Federação Russa, em comparação com as eleições anteriores (realizadas em 2016), melhorou uma vez e meia: os comunistas ficaram com um pouco mais de 19% nas listas e mais nove cadeiras em regiões de mandato único. Isso dá ao Partido Comunista da Federação Russa cerca de 60 mandatos em 450 (agora há 42 integrantes em sua fração: nas eleições de 2016, o Partido Comunista recebeu 13,34% nas listas e cinco cadeiras nas regiões). Este é o melhor resultado dos comunistas desde 2011, quando obtiveram 19,19% dos votos (mas então as eleições foram realizadas apenas em listas partidárias).

O Partido Liberal Democrático piorou seu resultado em comparação com as eleições anteriores para a Duma de Estado quase duas vezes - de 13,14% para 7,5%. Este é definitivamente o pior resultado desde meados da década de 1990. O "Rússia Justa" em comparação com 2016 aumentou oficialmente seus indicadores, mas de forma insignificante: de 7 para 7,4%. Ao mesmo tempo, o Partido Liberal Democrata obteve apenas um único mandato e o "Rússia Justa" - oito regiões eleitorais.

Assim, o Partido Liberal Democrático da Rússia sofreu as perdas mais graves entre os partidos parlamentares: sua fração será reduzida em cerca de metade devido à queda nos resultados da lista e assentos nas regiões eleitorais (de cinco em 2016 para um). O "Rússia Justa", como um todo, mantém suas posições.


"Novas Pessoas"

O "Novas Pessoas" tornou-se, talvez, a segunda sensação das eleições após o salto impressionante dos comunistas (no entanto, ambas as sensações foram previstas).

O resultado oficial da “Novas Pessoas” foi de 5,36%. Em julho, pesquisas de opinião mostraram que o partido não entraria na Duma, mas então sua classificação começou a aumentar. Nas eleições legislativas de 2020, o Novas Pessoas superou a barreira de 5% nas eleições para quatro parlamentos regionais.